Higiene íntima sem tabu: um assunto para mãe e filha * Mãe de Adolescente

Higiene íntima sem tabu: um assunto para mãe e filha

1

Higiene íntima sem tabu tem que ser um assunto para mães e filhas. Para mulheres, na verdade!

É incrível como em pleno 2017, a higiene íntima ainda é um tabu para nós, mulheres.

Agora, imagine só para conversas entre mães e filhas adolescentes, então?

E por causa justamente deste tabu, acabamos perpetuando dúvidas e medos.

As filhas ficam constrangidas de perguntar para as mães e as mães, constrangidas de tocar no assunto.

Sem falar que nós, mães, também somos cheias de dúvidas que nunca tivemos para quem perguntar.

8 mitos sobre absorventes(0 5 você não vai acreditar!)

Na minha época

Na minha época (frase típica de gente das gerações anteriores), minha mãe era ultramoderna perto da grande maioria.

Afinal, minha mãe falava a palavra menstruação, ao invés de regra, chico, “naqueles dias”.

Sem falar que ela explicou para a minha irmã e eu o que era a menstruação antes de menstruarmos, assim não tivemos aquele típico susto ao ver sangue.

No entanto, apesar de muito moderna para a época, minha mãe ainda era bem presa à tabus e crenças populares, como o famoso “Não pode entrar menstruada em rio, senão fica louca”.

Apesar disso tudo, eu sobrevivi e até que me virei bem, no entanto, jurei para mim mesma que seria totalmente liberta de tabus quando fosse mãe.

Doce ilusão

Eu achava que seria uma mãe super desenvolta e que tiraria de letra todos os assuntos.

E até certo ponto, eu mandava super bem!

100% de transparência e esclarecimento em todas as dúvidas, mesmo as mais constrangedoras.

Até que veio a menstruação.

“Mãe, será que eu posso usar coletor menstrual? Se o médico disser que eu posso, você me ajuda a aprender a colocar?”

Eu entrei em choque.

MEU DEUS, COMO EU VOU ENSINAR MINHA FILHA A COLOCAR COLETOR MENSTRUAL?

Sem falar que eu mesma nunca usei, como vou ensinar algo que não faço ideia?

Por sorte, ela protelou a decisão e até o momento o assunto não voltou a ser tocado.

Higiene íntima sem tabu

A higiene íntima sem tabu é uma luta árdua e diária.

Temos que enfrentar nossos próprios demônios interiores e, como mães, enfrentar os das nossas filhas junto.

Não é fácil, mas nós vamos conseguir!

Temos que começar a encarar a nossa saúde íntima como qualquer outra questão sobre nós, sobre o autoconhecimento e temos que aprender a empoderar nossas filhas para encararem com naturalidade também.

Dúvidas? Nós temos. E você?

Gigi e eu sempre falamos de tudo.

Quer dizer: quase tudo! Tem coisa que, confesso, me sinto constrangida até de pensar, quanto mais de conversar com a minha própria filha.

Por outro lado, ela tem as mesmas encucações de falar certas coisas para própria mãe.

Assim, tivemos a ideia de procurar alguém que entende de saúde íntima para nos ajudar a esclarecer nossas dúvidas.

O mais legal foi descobrir que muitas dúvidas dela eram as mesmas que as minhas e que eu nunca tive coragem de perguntar para ninguém antes.

Esclarecendo com a ginecologista

Para ajudar nesta tarefa, fomos buscar socorro com o pessoal da Vagisil, que nos mandou dois kits com produtos para a nossa higiene íntima (um para mim e um para a Gigi) e nos indicou a Dra. Cristina Carneiro, ginecologista e obstetra graduada na USP.

Mulher é cheia de neuras e dúvidas com sua intimidade, com os cuidados e higiene íntima, etc. Imagine então, as adolescentes? .. Pensando nisto, conversei com a Vagisil e eles me enviaram dois kits incríveis, um para mim, outro para a @sougiginunes, e ambas vamos resenhar os produtos e mandar dúvidas para ginecologistas nos ajudarem nisto. .. Os posta sairão no maedealescente.blog.br e trarão as experiências, sensações e dúvidas de ambas sanadas pelos profissionais. Inclusive minhas dúvidas de mãe e as dela, de menina. Afinal, quando mais sabemos sobre nós mesmas e quanto antes, melhor. .. .. #mãedefilha #mãedeadolescente #maternidadereal #feminilidade #selfie #momblogger #mãe #mães #mãesefilhas #maedemenina #materna #blogger #blogueira #blogueiras #mãesdoabc #mãesdoinsta #soumãe #mãesdeadolescente #sermãe #autoestima #amorpróprio #empoderamento #cuidados #saúde #higiene #higieneíntima #higienefeminina #dicas

A post shared by #MãeDeAdolescente (ThatuNunes) (@thatununes) on

Ela nos respondeu algumas questões que aposto que são dúvidas de muitas de vocês também.

Confira:

Gigi: Ouvi falar que lavar a região íntima e a vagina mais de uma vez por dia pode causar problemas na pele e na região. É verdade? Com qual frequência devo lavar?

Dra Cristina Carneiro: Sim, é verdade. Na verdade qualquer parte do corpo pode acabar ficando irritada com o excesso de higiene. Embora a higiene em si seja fundamental para a saúde e conforto da pele, a camada de gordura que reveste a pele assim como a flora que a envolve são camadas protetoras dela. Excesso de higiene, acaba por remover a nossa proteção natural e deixando a pele ressecada e mais vulnerável. Por isso, assim como tudo na vida é uma questão de equílibrio. Uma vez ao dia é uma ótima frequência para a higiene íntima. Mas claro que no caso de um dia do ciclo menstrual, ou num dia mais quente, a mulher pode se higienizar até duas vezes. Vai do bom senso.

Gigi: Posso usar sabonete íntimo Vagisil em gel durante a menstruação?

Dra Cristina Carneiro: Deve. Sabemos que durante a menstruação é quando as mulheres estão mais preocupadas com odores vaginais e com a sua higiene íntima. Então usar produtos que te oferecem a higiene adequada durante o período menstrual, é ótimo. Além do mais, os produtos da linha odor block, que ajudarão a prevenir que odores se formem, inclusive durante a menstruação.

Gigi: No kit que me enviaram, veio um spray. Gostaria de saber se posso aplica-lo diretamente na vulva e na vagina ou tenho que aplica-lo em um lencinho ou algo do tipo?

Dra Cristina Carneiro: Pode aplicar como quiser! Ele foi desenvolvido para ser aplicado diretamente na área íntima externa. Lembrando que a área intima é formada pelas seguintes estruturas:

1 – pele: é mais queratinizada, onde crescem os pelos, e onde ficam as glandulas de suor. Logo é a região que mais se beneficia com o uso do desodorante.

2- Mucosa externa: onde chamamos vulva. Já não possui pelos nem glêndulas sudoríparas, e fica protegida entre os lábios vaginais. Deve ser higienizada diariamente, porém não precisa do uso do desodorante.

3- canal vaginal: é a vagina em si. A parte interna. Não deve ser higienizda nunca, e a não ser em caso de recomendação médica, não introduzir nenhum produto de higiene, nunca! Ela é auto limpante.

Deste modo, recomendamos que você borrife sobre a região íntima, sem abrir os grandes lábios. Só borrifar mesmo.

No entanto, algumas de nossas consumnidoras, já nos deram dicas incríveis de outros modos de aplicação, que são super úteis e não tem contra indicações:

1-      Borrifar sobre um lenço de papel, umedecendo-o, para auxiliar em alguma higiene fora do horário do banho. Por exemplo, em uma troca de absorventes, vc pode umedecer um lencinho para ajudar a remover resíduos menstruais, ou após fazer cocô, tbm ajuda, um lencinho umido para finalizar.

2-      Borrifar sobre um absorvente externo. Isso ajudará na prevenção da formação de odores ao longo do uso.

Gigi: Com qual frequência posso usar sabonete íntimo Vagisil? É necessário intercalar com algum outro tipo de sabonete?

Dra Cristina Carneiro: O sabonete vagisil gel foi desenvolvido, testado e aprovado apra uso diário. Não é necessário intercalar.


Os kits foram postados no nosso instagram e, claro que nós experimentamos os produtos uma da outra (os sabonetes em gel, no caso) para ver a diferença de um e outro. E tem, sim.

O tal desodorante íntimo é algo fascinante, porque nos faz sentir segura. Se estamos no banheiro do trabalho ou em algum lugar fora de casa, principalmente, sair do banheiro depois de usá-lo é uma sensação empoderadora.

E depois que experimentei, posso dizer: #NãoVivoSem. A sensação é incrivelmente diferente mesmo. #Recomendo.

Muito obrigada, Vagisil, por ajudar ainda mais em nosso diálogo de mãe e filha e em nossa saúde íntima.

Comments

comments

About Author

Mãe da Gigi, trabalho com marketing, amo tecnologia e simpatizo muito com o lado nerd da cultura pop. Hard user de redes sociais, adoro escrever. Criadora do LogicaFeminina.com.br, colunista no EntreTodasAsCoisas.com.br e no Superela.com, também cuido de algumas contas de clientes por aí.