Higiene íntima sem tabu: um assunto para mãe e filha

0

Higiene íntima sem tabu tem que ser um assunto para mães e filhas. Para mulheres, na verdade!

É incrível como em pleno 2017, a higiene íntima ainda é um tabu para nós, mulheres.

Agora, imagine só para conversas entre mães e filhas adolescentes, então?

E por causa justamente deste tabu, acabamos perpetuando dúvidas e medos.

As filhas ficam constrangidas de perguntar para as mães e as mães, constrangidas de tocar no assunto.

Sem falar que nós, mães, também somos cheias de dúvidas que nunca tivemos para quem perguntar.

Na minha época

Na minha época (frase típica de gente das gerações anteriores), minha mãe era ultramoderna perto da grande maioria.

Afinal, minha mãe falava a palavra menstruação, ao invés de regra, chico, “naqueles dias”.

Sem falar que ela explicou para a minha irmã e eu o que era a menstruação antes de menstruarmos, assim não tivemos aquele típico susto ao ver sangue.

No entanto, apesar de muito moderna para a época, minha mãe ainda era bem presa à tabus e crenças populares, como o famoso “Não pode entrar menstruada em rio, senão fica louca”.

Apesar disso tudo, eu sobrevivi e até que me virei bem, no entanto, jurei para mim mesma que seria totalmente liberta de tabus quando fosse mãe.

Doce ilusão

Eu achava que seria uma mãe super desenvolta e que tiraria de letra todos os assuntos.

E até certo ponto, eu mandava super bem!

100% de transparência e esclarecimento em todas as dúvidas, mesmo as mais constrangedoras.

Até que veio a menstruação.

“Mãe, será que eu posso usar coletor menstrual? Se o médico disser que eu posso, você me ajuda a aprender a colocar?”

Eu entrei em choque.

MEU DEUS, COMO EU VOU ENSINAR MINHA FILHA A COLOCAR COLETOR MENSTRUAL?

Sem falar que eu mesma nunca usei, como vou ensinar algo que não faço ideia?

Por sorte, ela protelou a decisão e até o momento o assunto não voltou a ser tocado.

Higiene íntima sem tabu

A higiene íntima sem tabu é uma luta árdua e diária.

Temos que enfrentar nossos próprios demônios interiores e, como mães, enfrentar os das nossas filhas junto.

Não é fácil, mas nós vamos conseguir!

Temos que começar a encarar a nossa saúde íntima como qualquer outra questão sobre nós, sobre o autoconhecimento e temos que aprender a empoderar nossas filhas para encararem com naturalidade também.

Dúvidas? Nós temos. E você?

Gigi e eu sempre falamos de tudo.

Quer dizer: quase tudo! Tem coisa que, confesso, me sinto constrangida até de pensar, quanto mais de conversar com a minha própria filha.

Por outro lado, ela tem as mesmas encucações de falar certas coisas para própria mãe.

Assim, tivemos a ideia de procurar alguém que entende de saúde íntima para nos ajudar a esclarecer nossas dúvidas.

O mais legal foi descobrir que muitas dúvidas dela eram as mesmas que as minhas e que eu nunca tive coragem de perguntar para ninguém antes.

Esclarecendo com a ginecologista

Para ajudar nesta tarefa, fomos buscar socorro com o pessoal da Vagisil, que nos mandou dois kits com produtos para a nossa higiene íntima (um para mim e um para a Gigi) e nos indicou a Dra. Cristina Carneiro, ginecologista e obstetra graduada na USP.

Mulher é cheia de neuras e dúvidas com sua intimidade, com os cuidados e higiene íntima, etc. Imagine então, as adolescentes? .. Pensando nisto, conversei com a Vagisil e eles me enviaram dois kits incríveis, um para mim, outro para a @sougiginunes, e ambas vamos resenhar os produtos e mandar dúvidas para ginecologistas nos ajudarem nisto. .. Os posta sairão no maedealescente.blog.br e trarão as experiências, sensações e dúvidas de ambas sanadas pelos profissionais. Inclusive minhas dúvidas de mãe e as dela, de menina. Afinal, quando mais sabemos sobre nós mesmas e quanto antes, melhor. .. .. #mãedefilha #mãedeadolescente #maternidadereal #feminilidade #selfie #momblogger #mãe #mães #mãesefilhas #maedemenina #materna #blogger #blogueira #blogueiras #mãesdoabc #mãesdoinsta #soumãe #mãesdeadolescente #sermãe #autoestima #amorpróprio #empoderamento #cuidados #saúde #higiene #higieneíntima #higienefeminina #dicas

A post shared by #MãeDeAdolescente (ThatuNunes) (@thatununes) on

Ela nos respondeu algumas questões que aposto que são dúvidas de muitas de vocês também.

Confira:

Gigi: Ouvi falar que lavar a região íntima e a vagina mais de uma vez por dia pode causar problemas na pele e na região. É verdade? Com qual frequência devo lavar?

Dra Cristina Carneiro: Sim, é verdade. Na verdade qualquer parte do corpo pode acabar ficando irritada com o excesso de higiene. Embora a higiene em si seja fundamental para a saúde e conforto da pele, a camada de gordura que reveste a pele assim como a flora que a envolve são camadas protetoras dela. Excesso de higiene, acaba por remover a nossa proteção natural e deixando a pele ressecada e mais vulnerável. Por isso, assim como tudo na vida é uma questão de equílibrio. Uma vez ao dia é uma ótima frequência para a higiene íntima. Mas claro que no caso de um dia do ciclo menstrual, ou num dia mais quente, a mulher pode se higienizar até duas vezes. Vai do bom senso.

Gigi: Posso usar sabonete íntimo Vagisil em gel durante a menstruação?

Dra Cristina Carneiro: Deve. Sabemos que durante a menstruação é quando as mulheres estão mais preocupadas com odores vaginais e com a sua higiene íntima. Então usar produtos que te oferecem a higiene adequada durante o período menstrual, é ótimo. Além do mais, os produtos da linha odor block, que ajudarão a prevenir que odores se formem, inclusive durante a menstruação.

Gigi: No kit que me enviaram, veio um spray. Gostaria de saber se posso aplica-lo diretamente na vulva e na vagina ou tenho que aplica-lo em um lencinho ou algo do tipo?

Dra Cristina Carneiro: Pode aplicar como quiser! Ele foi desenvolvido para ser aplicado diretamente na área íntima externa. Lembrando que a área intima é formada pelas seguintes estruturas:

1 – pele: é mais queratinizada, onde crescem os pelos, e onde ficam as glandulas de suor. Logo é a região que mais se beneficia com o uso do desodorante.

2- Mucosa externa: onde chamamos vulva. Já não possui pelos nem glêndulas sudoríparas, e fica protegida entre os lábios vaginais. Deve ser higienizada diariamente, porém não precisa do uso do desodorante.

3- canal vaginal: é a vagina em si. A parte interna. Não deve ser higienizda nunca, e a não ser em caso de recomendação médica, não introduzir nenhum produto de higiene, nunca! Ela é auto limpante.

Deste modo, recomendamos que você borrife sobre a região íntima, sem abrir os grandes lábios. Só borrifar mesmo.

No entanto, algumas de nossas consumnidoras, já nos deram dicas incríveis de outros modos de aplicação, que são super úteis e não tem contra indicações:

1-      Borrifar sobre um lenço de papel, umedecendo-o, para auxiliar em alguma higiene fora do horário do banho. Por exemplo, em uma troca de absorventes, vc pode umedecer um lencinho para ajudar a remover resíduos menstruais, ou após fazer cocô, tbm ajuda, um lencinho umido para finalizar.

2-      Borrifar sobre um absorvente externo. Isso ajudará na prevenção da formação de odores ao longo do uso.

Gigi: Com qual frequência posso usar sabonete íntimo Vagisil? É necessário intercalar com algum outro tipo de sabonete?

Dra Cristina Carneiro: O sabonete vagisil gel foi desenvolvido, testado e aprovado apra uso diário. Não é necessário intercalar.


Os kits foram postados no nosso instagram e, claro que nós experimentamos os produtos uma da outra (os sabonetes em gel, no caso) para ver a diferença de um e outro. E tem, sim.

O tal desodorante íntimo é algo fascinante, porque nos faz sentir segura. Se estamos no banheiro do trabalho ou em algum lugar fora de casa, principalmente, sair do banheiro depois de usá-lo é uma sensação empoderadora.

E depois que experimentei, posso dizer: #NãoVivoSem. A sensação é incrivelmente diferente mesmo. #Recomendo.

Muito obrigada, Vagisil, por ajudar ainda mais em nosso diálogo de mãe e filha e em nossa saúde íntima.

Comments

comments

About Author

Mãe da Gigi, uma adolescente divertida e criativa, mas que de vez em quando faz cara feia sem motivo. Criadora do LogicaFeminina.com.br, colunista no EntreTodasAsCoisas.com.br e no Superela.com, também cuido de algumas contas de clientes por aí.

Comments are closed.