Jovem Trabalhador: o que a Gigi aprendeu no treinamento de 16 horas • Mãe de Adolescente

Jovem Trabalhador: o que a Gigi aprendeu no treinamento de 16 horas

EU VOU!

Recentemente, a Gigi foi selecionada pelo programa Jovem Trabalhador.

Como parte do processo para ingressar no programa Jovem Trabalhador, o jovem tem que ir com um dos responsáveis em uma das unidades que adotam o programa.

Foi o que fiz.

Fui até a unidade da Enjoy Cursos.

Óbvio que esperei um bom tempo para ser atendida, mas finalmente nos chamaram para a tal “entrevista”.

A entrevista

Bom, durante esta tal entrevista, o rapaz, que frequentemente se esforçava para demonstrar que tinha um cargo importante, fez várias perguntas.

Perguntou sobre onde morávamos, o que eu fazia, o que o pai da Gi fazia, etc.

Pouco foi sobre ela.

Mas finalmente ele deu o tal protocolo para que ela começasse o treinamento na segunda seguinte.

O primeiro dia de treinamento

Na segunda, Gigi acordou bem cedo, escolheu uma roupa que a fizesse sentir mais responsável e saiu de casa cedo para não perder a hora.

Afinal, agora ela queria se sentir um Jovem Trabalhador.

Confesso que esperava que ao chegar, ela estivesse mal humorada pela rotina puxada, já que ia para a escola direto do treinamento, a pé e na chuva.

Que nada!

Ela estava radiante, empolgadíssima e super focada.

E assim foi durante todo o curso.

As desistências

No primeiro dia, haviam 25 alunos e ela formou um grupo com mais 4 deles, pois seria o grupo com quem ela faria o TCC.

No terceiro dia, 3 deles haviam desistido.

Mas ela estava firme e forte.

Mesmo com o time dela desfalcado e ela tendo que se empenhar muito mais para conseguir fazer o TCC.

O TCC

No penúltimo dia, o grupo dela ganhou 3 novos integrantes e mudou o tema do TCC.

Eles teriam apenas 1 dia para fazer tudo, então pediram minha ajuda.

Eu, claro, ajudei-os o quanto pude.

A Gigi demonstrou-se preocupada, pois os componentes do grupo estavam muito tímidos e tinham dificuldades pra falar.

Foi quando tive a ideia de mandar tudo em áudio pra eles.

Fiz isto e expliquei que falassem apenas do que se lembrassem e o que esquecessem na hora, deixassem pra lá.

Foi o que fizeram.

Conclusão: 10 no TCC.

O certificado

jovem

No sábado, fomos buscar o certificado.

Foi uma grata surpresa: Gigi tirou 10 em todas as matérias e se destacou na apresentação do TCC.

Agora, além de ter aprendido, ela tem um certificado de um curso que pode ajuda-la no início de carreira.

A tomada de iniciativa

Uma das coisas mais importantes do curso, não foram as matérias.

Foi vê-la tomando iniciativa.

Mesmo sem muitas condições ou sem ter idade, ela tomou por si só a iniciativa de fazer contato com algumas empresas da região para oferecer seus talentos com mídias sociais.

Claro que ela só me contou isto depois e aí expliquei para ela as complicações sobre ela trabalhar aos 13 anos, etc.

Mas só de vê-la interessada em trabalhar e, ao mesmo tempo, tomando coragem, já me sinto mais confiante sobre ela, quando finalmente adentrar o mercado de trabalho.

Onde se inscrever para o Programa Jovem Trabalhador

Bom, a Gi não lembra como fez para se inscrever, mas acha que foi através de uma provinha na escola.

No entanto, vi que existe como se inscrever através deste site: programajovemtrabalhador.com.br

Talvez fosse uma boa seu jovem de casa se inscrever, afinal oportunidades podem surgir.

Comments

comments

About Author

Mãe da Gigi, uma adolescente divertida e criativa, mas que de vez em quando faz cara feia sem motivo. Criadora do LogicaFeminina.com.br, colunista no EntreTodasAsCoisas.com.br e no Superela.com, também cuido de algumas contas de clientes por aí.

Comments are closed.