A saga para tirar o bilhete de estudante | Mãe de Adolescente

A saga para tirar o bilhete de estudante

0

Hoje vou contar para vocês a minha saga para tirar o bilhete de estudante da Gigi

Aqui em São Bernardo do Campo, existe o “Cartão Legal” que beneficia aposentados, estudantes, desempregados e algumas classes com direito a viagens de ônibus de graça.

O mesmo bilhete também serve para quem trabalhar recarregar, como um bilhete único.

Como contei no post “A hora de deixar a filha ir e voltar sozinha da escola“, vou voltar a trabalhar fora dia 1 de Abril.

Assim, a Gi precisa estar preparada caso precise pegar ônibus, etc.

A saga para achar o local onde tira bilhete de estudante

Deixei a Gigi na escola às 13h00 e segui rumo ao local que me indicaram para retirar o formulário.

Parei o carro nas redondezas de onde haviam me indicado e saí andando para a direção indicada.

Depois de atravessar umas 2 avenidas, resolvi perguntar e não era nada daquilo. Era perto de onde eu havia deixado o carro, que agora eu nem lembrava mais onde era, na verdade.

A saga para retirar o formulário para tirar bilhete de estudante

Finalmente segui para o local correto e chegando lá: fila.

Fiquei na fila, sorridente como sou, até que chegou minha vez. UFA

– Boa tarde! Um formulário para bilhete de estudante, por favor?

– São R$ 21,00.

– Nossa, achei que pagava na hora de retirar a carteirinha. Aceita débito?

– Não.

– Então vou ter que tirar dinheiro. Onde tem Caixa 24 horas?

– No Poupa Tempo.

– Onde fica?

– Segue aqui a direita, atravessa a avenida e pega a primeira a esquerda. Mais à frente a senhora verá o portão.

– Ok.

Segui rumo ao Poupa Tempo, achei, tirei o dinheiro e voltei, feliz e sorridente.

– Moça, tirei o dinheiro.

– Senhora, a senhora vai ter que pegar fila novamente.

– Ok.

Voltei para o fim da fila e esperei minha vez.

– Pois não?

– Formulário para bilhete de estudante, por favor.

– R$ 21,00

Entrego duas notas de R$ 20,00.

– A senhora não tem R$ 1,00?

– Não tenho.

– Então a senhora vai ter que trocar o dinheiro.

– Moça, por favor, eu não posso sair daqui e depois que voltar pegar fila novamente.

– Senhora, não tem outro jeito. Não aceitamos notas altas.

– Ah, aceitam, sim! É dinheiro, é moeda corrente e vocês são obrigados a aceitar. Eu estava de ótimo humor até agora, mas se não aceitarem meu dinheiro, vou fazer um escândalo nas redes sociais e na TV. Qual é o seu nome, moça?

– Senhora, ok. Vamos trocar aqui mesmo seu dinheiro, mas só desta vez.

E sem sair da cadeira dela, me deu o troco de R$ 9,00 e o formulário.

– Moça, agora eu levo na escola para carimbar?

– Sim. Leva na escola e carimba.

– Ok, muito obrigada. Boa tarde.

E segui feliz da vida, rumo à escola para carimbar e dar entrada no bilhete de estudante.

A saga da NÃO entrega do formulário para tirar bilhete de estudante

Na escola, fui maravilhosamente bem atendida e segui para entregar o formulário.

Cheguei de volta no local onde retirei o tal formulário, entrei na fila e esperei minha vez.

– Moça, vim trazer o formulário carimbado e com todas as xerox pedidas no formulário já anexadas.

– Senhora, mas não é aqui que entrega o formulário.

– Não?

– Não.

– E onde é?

– Na Marechal.

– Mas a Marechal é enorme, qual é o local?

– Perto do Armarinhos Fernandes.

– Moça, a senhorita está de sacanagem comigo, só pode! Por que não me falou que não era aqui que entregava o formulário e por que não fala logo o local correto de entrega? Custa ser uma pessoa agradável e bacana? Custa?

Nesta hora, todo mundo começou a murmurar reclamações do atendimento e de como é absurda, a falta de empatia.

Ela me olhou com cara mais feia ainda e disse:

– Senhora, não adianta nada a senhora ficar nervosa, nem fazer barraco.

– Ok, moça, eu concordo. Então, EM NOME DE JAVÉ, FALE ONDE É O LOCAL EXATO QUE EU DEVO ENTREGAR ESTE FORMULÁRIO.

Ela, calada, me entregou um papelzinho com o endereço escrito.

Me digam o que custava esta senhora ter me dado este papelzinho na hora que comprei o formulário? E o que custava ter me dado este papelzinho na hora que perguntei onde deveria entregar o formulário?

Eu fiquei P. da vida!

Mas numa coisa ela estava certa: não adiantava nada eu ficar nervosa nem fazer barraco, então segui rumo ao local do papelzinho, quando ela me chama:

– Senhora, mais uma coisa, só para a senhora não dizer que eu sou má: não adianta ir no local entregar o formulário e os papéis sem a estudante estar junto, viu?

– Como assim?

– Senhora, é igual CNH. Tem que tirar foto na hora e para isto, ela tem que estar com a senhora.

Eu ia começar a reclamar e dizer que a Gi estava na escola, mas achei melhor ir logo resolver isto.

A saga da entrega do formulário para tirar bilhete de estudante

Mandei mensagem para a Gi, perguntando se ela já havia feito todas as provas do dia e ela confirmou que sim.

Respondi alguns emails e segui para busca-la, já sem bateria no celular, a esta altura.

De lá, fomos rumo ao local do papelzinho.

Dei voltas e voltas e nada de vaga, então paramos no Ragazzo para comer e lá tem um estacionamento.

Comemos e seguimos para o local.

Chegando lá, já no fim do fim da tarde, que atendimento maravilhoso!

Uma senhora no balcão de senha, toda simpática e solícita, conferiu os documentos, deu a senha e instruções.

Mal nos sentamos e já fomos chamadas e o atendimento na bancada também foi maravilhoso.

Nos informaram que devíamos esperar meia hora para que o bilhete ficasse pronto para a retirada e aí nos chamariam na outra saleta, sentadinhas.

Não foram nem 5 minutos e já nos chamaram, assinei o protocolo, pegamos a carteirinha dela e seguimos felizes para nossas vidas, agora finalmente com o tal bilhete de estudante ou, “Cartão Legal”, como é chamado por aqui.

A saga para tirar o bilhete de estudante | Vida PessoalFoi um dia inteiro dedicado a correr pra lá e pra cá, simplesmente porque uma desalmada não pode dar algumas informações que não atrapalhariam ela em nada. Pelo contrário.

Ainda bem que para compensar esta fulana, tiveram todas as outras.

Enfim… Mais um dia para eu treinar meu escudo anti-amarguras.

E agora, a Gi está com seu bilhete e eu, atolada de emails para responder.

Comments

comments

Comments are closed.