Sobre | Mãe de Adolescente |

Me tornei mãe aos 24 anos e decidi que daí por diante faria tudo diferente da minha mãe, que apesar de ter feito o seu melhor, escolheu maternar de forma que hoje eu considero abusiva, agressiva e danosa, especialmente por todas as marcas que me foram deixadas.

Assim, escolhi o caminho da comunicação não-violenta, da criação com apego. Escolhi descer do pedestal de mãe e tratar a minha filha com o respeito que ela, como pessoa, merece e hoje vejo que escolhi certo.

Porque eu decidi criar o blog?

Quando eu criei a editoria “Mãe de Adolescente” no Lógica Feminina, pensei em atingir a parte do meu público que se interessava pelos relatos sobre a minha experiência materna.

E deu muito certo, mas começou a ter tanto conteúdo que estava “engolindo” as editorias do Lógica Feminina.

Então eu pesquisei e descobri que todas as fanpages sobre mãe de adolescente tinham um viés muito mais humorístico ou religioso do que informativo e que não existia nenhum blog inteiramente dedicado ao assunto ou realmente voltados para mães de adolescente que tenha atualizações recentes.

Foi aí que decidi criar o MaeDeAdolescente.blog.br e me dedicar a fundo neste assunto que tanto me atrai desde sempre.

O que o blog aborda?

Em primeiro lugar, quero ressaltar que eu não criei este blog com intenção de ensinar ninguém a ser pai, mãe ou a ser adolescente.

Ele foi criado para que eu possa compartilhar minha vivência, minhas ideias, conceitos e, claro, o que eu acho correto e acredito, com outras pessoas interessadas no que eu tenho a dividir.

Não se trata de um manual de como as mães e pais devam agir, mas aqui vou tratar das questões com o meu ponto de vista, do meu viés, portanto é natural que eu defenda o que eu acredito.

Então aqui vou apenas dividir minhas experiências e, quem sabe, sugerir novas alternativas e você decide se é bom pra vocês, ok?