Páscoa em família: o que não pode faltar

0

Afinal, o que não pode faltar na Páscoa em família?

Para a nossa sorte, o significado de Páscoa em família mudou muito de alguns anos para cá, para muitas famílias.

Enquanto para algumas famílias a Páscoa é recheada de tradições, para outras é um momento de liberdade e de descanso.

Por aqui, por exemplo, nós não temos uma tradição específica e respeitamos o momento familiar de cada ano.

Então já tivemos ano em que passamos com a nonna da Gi, outros com a minha família, outros com a família do Dressler e outros só entre nós.

Quando ela era bem pequenina, a nossa Páscoa em família era bem tradicional.

Muitas vezes, fazíamos nossos próprios ovos de páscoa!

Tínhamos a caça aos ovos, o almoço de Páscoa em família, os momentos pós, com a família diante da TV.

Mas com o passar dos anos, nós percebemos que para nós isso não tinha tanto significado quanto estarmos todos onde gostaríamos de estar.

Páscoa em família e as tradições de cada uma

Páscoa em família: o que não pode faltar | Pais e Mães

Tradições são coisas muito próprias de cada círculo social.

Famílias, amigos e etc, cada um tem suas próprias tradições e elas tem a sua devida importância.

Para as famílias, por exemplo, elas são um resgate dos laços e votos, assim como um bom momento de revisões e confraternizações.

E para muitas, especialmente as cristãs, a Páscoa em família é o principal momento do ano, porque significa a ressurreição de Jesus e um novo ciclo Pascoal.

Por conta disso, fazem tanta questão de fartura, de todos presentes e de alguns “rituais” que se repetem todo ano.

Páscoa em família para quem se desprendeu de tradições

Para muitas outras famílias, a Páscoa em família é só uma oportunidade de descanso e convivência por mais horas do que na correria do dia a dia.

E não tem nada de errado nisso, afinal cada família decide as suas próprias tradições.

Aqui, por exemplo, nós compramos sempre um ovo de Páscoa para a Gi e entregamos no dia, apenas como simbologia pela data.

É a nossa Páscoa em família.

Mas geralmente aproveitamos a data para comermos algo que gostamos e que seja fácil de fazer, assim ninguém fica horas preparando.

É a nossa tradição, já que no nosso dia a dia, nós sempre procuramos ter um tempo diário para estarmos juntos vendo séries, conversando algo ou apenas co-existindo mesmo entre nós.

Flexibilidade de tradições na Páscoa em família

De tudo, o que eu mais gosto da nossa família é que as tradições não são cárceres onde todos são obrigados a participar e cumprir rituais.

Todo ano, tanto a Páscoa em família, como outras datas, nós discutimos entre nós onde todos gostariam de estar e fazendo o que e, a partir disso, decidimos juntos.

Então nós estamos sempre onde queremos e com quem queremos, sem que seja qualquer obrigação chata.

A nossa tradição é respeitar as vontades individuais de cada um.

E não estou aqui dizendo pra ninguém fazer o mesmo e nem perguntando se acham certo ou errado, porque sei que geralmente quem é apegado a tradições acha o nosso jeito de viver praticamente um crime.

Mas se nós respeitamos o direito de quem acha legal manter tradições imutáveis, porque essas pessoas não podem apenas respeitar o nosso jeito de viver a Páscoa em família e, claro, outras datas festivas?

Respeitar é isto! É você, mesmo discordando, entender que esse é o nosso jeito e que ele não vai atingir o seu em nada, logo não tem porque nos atacar por isso.

Comments

comments

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.